Comissão realiza debate sobre insegurança no Centro de Vitória

Comissão realiza debate sobre insegurança no Centro de Vitória

Como presidente da Comissão de Segurança, o vereador Mazinho recebeu Rozilene de Sá, vice-presidente do Conselho Municipal de Segurança Urbana, representando a Regional I, que fez um levantamento dos problemas e dos potenciais do Centro de Vitória durante a última Reunião Ordinária da Comissão de 2019, realizada no dia 26 de dezembro no Plenário da Câmara de Vitória.

Aumento dos registros de insegurança

Rozi de Sá, como é conhecida na região, também faz parte da Associação de Moradores do Centro e começou sua apresentação fazendo um levantamento das realizações municipais e estaduais na região. Segundo ela, nos últimos anos houve um esvaziamento do local e o aumento da sensação de insegurança entre os moradores.

“Uma das peculiaridades do Centro é que a Região 1 passou, nos últimos dois anos, pela mudança dos Comandantes de Batalhão e quatro Comandantes da Companhia, o que prejudicou o diálogo da comunidade com as forças de segurança e por isso, hoje, a maior demanda do nosso livro de registros é sobre insegurança”, afirmou.

Valorização através da ocupação social

Segundo Rozi, o esvaziamento do Centro ainda vem acontecendo e por isso surgiu a necessidade de ocupar os edifícios que estão sendo abandonados. Com isso, um estudo vem sendo elaborado e o objetivo é destinar esses espaços para atividades sociais.

“O assunto do momento é que as secretarias e instituições estão voltando para o Cento, mas o esvaziamento continua e o governo precisa dar uma destinação social para esses espaços”, explicou.

Com a situação cada vez pior, ela contou que tem enfrentado dificuldades na busca pela qualidade da segurança na região.

“Estamos buscando um diálogo com o município e com o Estado, pois há muita coisa que pode ser feita pelo Centro de Vitória, e contamos com a ajuda de todos”, concluiu.

Ainda durante a reunião, entre os temas tratados, estiveram a questão do estacionamento rotativo, videomonitoramento e o barulho na região.

“Um ano intenso de debate”

Ao longo de 2019, a Comissão de Segurança promoveu o debate sobre o tema e recebeu diversos especialistas, autoridades do Poder Público Municipal e Estadual para falar sobre questões de interesse da sociedade. Ao final da reunião, Mazinho fez um balanço sobre a atuação da comissão.

“Foi um ano de debate intenso e bacana. Nós trouxemos especialistas, autoridades e lideranças da comunidade que expuseram as principais dificuldades sobre a segurança pública. Isso foi muito importante pra gente conseguir ampliar o nosso debate que, com certeza, irá contribuir para avançar na discussão em 2020 e promover medidas efetivas pra essa área”, disse.

> Fique por dentro de todos os debates da Comissão de Segurança em 2019.

Este post tem 2 comentários

  1. Rozilene Aparecida de Sa

    Obrigada pela oportunidade de ir a Tribuna expor um pouco das atividades desenvolvidas enquanto Conselheira 3da regional1 e também vice-presidente do Conselho Municipal de segurança. Saiba que a comissão de Segurança da CMV tem sido um parceiro à todas as comunidades de forma representativa. Obrigada a todos os vereadores, desta importante comissão.

    1. mazinhodosanjos

      Olá Rozilene! Nós agradecemos muito pela sua contribuição com a comissão. As portas estarão sempre abertas!

Deixe uma resposta